23 de agosto de 2015

História do MEJ

Movimento Empresa Júnior

O Movimento Empresa Júnior (MEJ) surgiu na França, em 1967, tendo como principal objetivo complementar a formação acadêmica de seus participantes fornecendo experiências práticas. Na década de 80 o modelo francês consolidou-se e começou a se difundir internacionalmente, chegando à Suíça, Bélgica, Espanha, EUA e, em 1988, chega ao Brasil através da Câmara de Comércio Franco-Brasileira.

As empresas juniores (EJs) pioneiras no Brasil foram as da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Em pouco tempo o Movimento se espalhou por todo o país de forma expressiva, devido aos preços acessíveis, qualidade dos serviços prestados e a oportunidade de desenvolvimento pessoal que as empresas juniores proporcionam. O MEJ cresceu, profissionalizou-se e amadureceu, tendo mais de 27.000 universitários espalhados em cerca de 1.200 empresas juniores e realizando mais de 2.000 projetos por ano (Fonte: Censo e Identidade Brasil Junior 2010).

Brasil Júnior

brasil junior

O órgão nacional do MEJ é a a Brasil Junior, Confederação Brasileira de Empresas Juniores que compartilha com todos os empresários juniores o objetivo de tornar o MEJ um movimento reconhecido pelos diversos atores da sociedade por contribuir para o desenvolvimento do país por meio da formação de profissionais diferenciados.

Ela é formada atualmente por 16 federações, representando 15 estados e o Distrito Federal, trabalhando para fomentar e dar suporte às empresas juniores em todo o Brasil e representá-las para potencializar os resultados da rede. A atuação ocorre pela definição conjunta de planos e diretrizes do Movimento, como o Conceito Nacional de Empresa Júnior. As ações são desenvolvidas por sua diretoria e, em cada estado, por sua federação local.

Empresa Júnior

bj1

As empresas juniores são constituídas pela união de alunos matriculados em cursos de graduação em instituições de ensino superior, organizados em uma associação civil com o intuito de realizar projetos e serviços que contribuam para o desenvolvimento do país e de formar profissionais capacitados e comprometidos com esse objetivo.

A Empresa Júnior tem como principais finalidades:

  • Desenvolver profissionalmente as pessoas que compõem o quadro social por meio da vivência empresarial, realizando projetos e serviços na área de atuação do(s) curso(s) de graduação ao(s) qual(is) a empresa júnior for vinculada;
  • Realizar projetos e/ou serviços preferencialmente para micro e pequenas empresas, e terceiro setor, nacionais, em funcionamento ou em fase de abertura, ou pessoas físicas, visando ao desenvolvimento da sociedade;
  • Fomentar o empreendedorismo de seus associados.

Uma EJ é um grande laboratório prático do conhecimento técnico e em gestão empresarial e, diferentemente da maioria dos estágios convencionais, tem-se um alto grau de liberdade de se pensar em todos seus processos, sendo um ambiente onde as soluções mais criativas são implementadas com certa facilidade, não encontrando burocracias.

A Empresa Júnior congrega preços acessíveis a excelêcia dos serviços prestados, por ter custos e despesas bem reduzidos e orientação com os melhores professores das mais renomadas universidades brasileiras.